Recursos nos cofres públicos da prefeitura de Porto Nacional

Recursos nos cofres públicos da prefeitura de Porto Nacional

Cidadania (do latim,civitas,”cidade”), é o conjunto de direitos, e deveres ao qual um indivíduo está sujeito em relação à sociedade em que vive.

O conceito de cidadania tem origem na Grécia clássica, sendo usado então para designar os direitos relativos ao cidadão, ou seja, o indivíduo que vivia na cidade e ali participava ativamente dos negócios e das decisões políticas. Cidadania, pressupunha, portanto, todas as implicações decorrentes de uma vida em sociedade.

Ao longo da história o conceito de cidadania foi ampliado, passando a englobar um conjunto de valores sociais que determinam o conjunto de deveres e direitos de um cidadão. Portanto, é um direito seu saber a receita de seu município. Segue abaixo um resumo das principais receitas recebidas pela Prefeitura de Porto Nacional , principalmente entre os anos de 2004 a 2008 e o início de 2009. Boa leitura e faça sua análise.

Compensação financeira

A Compensação Financeira pela Utilização dos Recursos Hídricos para Fins de Geração de Energia Elétrica – CF foi instituída pela Constituição Federal de 1988 e trata-se de um percentual que as concessionárias de geração hidrelétrica pagam pela utilização de recursos hídricos. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) gerencia a arrecadação e a distribuição dos recursos entre os beneficiários: Estados, Municípios e órgãos da administração direta da União.

Recursos recebidos pela compensação financeira da Usina de Lajeado

OBSERVAÇÃO: 2009 apenas nos meses de janeiro, fevereiro e abril.
Fonte: ANEEL

Transferência do governo federal para o município

Parcela das receitas federais arrecadadas pela União é repassada aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios. O rateio da receita proveniente da arrecadação de impostos entre os entes federados representa um mecanismo fundamental para amenizar as desigualdades regionais, na busca incessante de promover o equilíbrio socioeconômico entre Estados e Municípios. Cabe ao Tesouro Nacional, em cumprimento aos dispositivos constitucionais, efetuar as transferências desses recursos aos entes federados, nos prazos legalmente estabelecidos.

Dentre as principais transferências da União para os Estados, o DF e os Municípios, previstas na Constituição, destacam-se: o Fundo de Participação dos Estados e do Distrito Federal (FPE); o Fundo de Participação dos Municípios (FPM); o Fundo de Compensação pela Exportação de Produtos Industrializados – FPEX; o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – Fundeb; e o Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural – ITR. E ainda há com a União os convênios e as emendas parlamentares.

OBSERVAÇÃO: Em 2009 meses de janeiro e fevereiro.

Dentre as transferências mensais podemos destacar as seguintes:

OBSERVAÇÃO: Em 2009 meses de janeiro e fevereiro
Fonte: PORTAL DA TRANSPARÊNCIA – CGU

REPASSE DO ESTADO DO TOCANTINS AO MUNICÍPIO PORTO NACIONAL

IMPOSTOS ARRECADADOS PELO ESTADO E RATEADOS COM OS MUNICÍPIOS

Imposto sobre Propriedade de Veículo Automotor – IPVA

Da arrecadação do IPVA, 50% é destinada ao Estado e 50% ao Município onde o veículo está licenciado.

Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Intermunicipal e Interestadual e de Comunicação – ICMS

A forma de distribuição do ICMS é definida na Constituição Federal, Art. 158, inciso IV, e seu parágrafo único; na Lei Complementar 63, de 11/01/90; nas Leis Estaduais 765, de 27/06/95 e 1.323, de 04/04/02 e no Decreto Estadual 1.666, de 26/12/02.

Constitucionalmente, os municípios têm direito a 25% do total do ICMS arrecadado pelo Estado, e deste, três quartos (¾), no mínimo, devem ser distribuídos na proporção do Valor Adicionado pelas operações e prestações realizadas em seus territórios, e um quarto (¼), no máximo, de acordo com o que dispuser a Lei Estadual.

ICMS

OBSERVAÇÃO: Em 2009 meses de janeiro e fevereiro
2006 não há dados no site SEFAZ
OBSERVAÇÃO: Em 2009 meses de janeiro e fevereiro
Fonte: SEFAZ

Principais receitas

OBSERVAÇÃO: No site da Secretaria da Fazenda do Estado do Tocantins não há dados do ICMS do ano de 2006.

Percentual relativo por ano

Fonte dados arrecadação própria do município: Secretaria do Tesouro Nacional.

*Texto publicado em 23 de abril de 2009

Postagens relacionados

Em Porto Nacional, candidatura de Carlos Braga recebe adesão de dois ex-prefeitos

Em Porto Nacional, candidatura de Carlos Braga recebe adesão de dois ex-prefeitos

A hora chegou

A hora chegou

O que é uma cidade inteligente?

O que é uma cidade inteligente?

Nosso lugar (para tomada de atitude)

Nosso lugar (para tomada de atitude)

No Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Enquete

Na sua opinião qual dessas áreas devem ser tratadas como prioridades em Porto Nacional. Pode escolher até três alternativas

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Posts recentes

Facebook

Facebook Pagelike Widget